imunidade baixa

Saiba o que fazer para evitar a imunidade baixa e aumentar a produtividade

Nos últimos meses, muito tem se falado sobre imunidade baixa por conta do novo corona vírus. Além de ficar mais vulnerável às doenças infecciosas, quem tem esse problema apresenta alguns sintomas que podem prejudicar a produtividade e favorecer o absenteísmo.

Mas, afinal, o que causa a baixa na imunidade e como evitá-la? Em nosso post, trazemos informações relevantes sobre o assunto para que você possa aplicar na empresa e incentivar os funcionários a cuidarem da imunidade. Para conferir, basta continuar a leitura. Vamos lá?

O que é a imunidade baixa e como ela ocorre?

O sistema imunológico é um conjunto de órgãos, células e tecidos responsáveis pela defesa do nosso organismo. Juntos, eles trabalham para nos proteger de doenças causadas por agentes patogênicos, como vírus, bactérias, parasitas e fungos.

Quando ele está funcionando adequadamente, consegue evitar complicações de muitos problemas de saúde, como gripes, resfriados, infecções e tantos outros. Entretanto, se houver alguma alteração em seu funcionamento, a sua resposta para combater os agentes patogênicos diminui.

Dessa maneira, o organismo fica mais propenso a ficar doente, essa condição é conhecida imunidade baixa. A queda na imunidade pode acontecer por diversas causas. A seguir, confira algumas delas:

  • exercícios físicos: tanto o sedentarismo quanto o excesso de exercícios físicos podem causar baixa na imunidade;
  • alimentação: a falta de nutrientes prejudica a produção de anticorpos e outras células de defesa;
  • fumar e beber em excesso: esses hábitos afetam o funcionamento do organismo e, consequentemente, do sistema imunológico;
  • estresse: essa condição desequilibra o organismo aumentando o cortisol, um hormônio que atua na inibição do sistema imunológico;
  • dormir mal: não ter um sono de qualidade também libera mais cortisol no organismo;
  • genética: existem pessoas que já nascem com a imunidade mais baixa;
  • doenças: algumas enfermidades podem causar levar à queda na imunidade, como diabetes, HIV, câncer, doenças cardiovasculares e pulmonares;
  • TPM: o período que antecede a menstruação pode ser uma condição que baixa a imunidade da mulher naquele período;
  • tratamentos: algumas medicações, como imunossupressores, corticoides e quimioterapia, podem baixar a imunidade.

Quais são os sintomas de imunidade baixa?

Ficar doente frequentemente é um dos sintomas mais comuns e aparentes de imunidade baixa. Entretanto, existem outros sinais de que o sistema imunológico não está funcionando muito bem. Veja!

  • cansaço excessivo;
  • náuseas e vômitos;
  • diarreia por mais de 2 semanas;
  • manchas brancas ou vermelhas na pele;
  • infecções recorrentes, como herpes ou amigdalite;
  • febre e calafrios com frequência;
  • doenças simples recorrentes, que demoram a passar ou que se complicam facilmente;
  • queda de cabelo;
  • dificuldade de cicatrização;
  • unhas fracas.

Quais são os riscos que ela pode trazer?

Como o sistema imunológico é a defesa do organismo, logo a imunidade baixa nos deixa pouco protegidos contra infecções. Isso significa ficar doente com mais frequência, apresentar sintomas mais acentuados e demorar a se curar.

Por exemplo, quem tem imunidade baixa tem a probabilidade de uma infecção em um ferimento ter dificuldade na cicatrização. Ou ainda, ficar gripado mais vezes no ano, demorar a se curar da gripe e ter sintomas mais graves. Dessa maneira, a pessoa com imunidade baixa fica mais exposta, o que gera riscos à sua saúde.

Qual é a relação entre imunidade baixa e produtividade?

Alguns dos sintomas da imunidade baixa são cansaço físico e mental, fraqueza, indisposição e propensão a ficar doente. Tudo isso pode afetar, e muito, a produtividade e a qualidade do trabalho. Afinal de contas, para sermos produtivos é importante que estejamos bem e dispostos, não é mesmo?

Além disso, como o indivíduo fica mais propenso às doenças é possível que ele tenha um absenteísmo maior, o que prejudica o fluxo de trabalho da equipe. Por essa razão, quem tem problemas com a produtividade e sente os sinais de imunidade baixa deve procurar ajuda médica para reforçar o sistema imunológico.

Como cuidar da imunidade? Veja 4 dicas!

Como você pôde conferir, pessoas com imunidade baixa podem ter problemas com a produtividade, seja pelos sintomas, seja pelo absenteísmo. Sendo assim, é importante que a empresa auxilie esses indivíduos a reforçarem o sistema imunológico. Saiba como com estas 4 dicas.

1. Incentive a alimentação saudável

Uma alimentação saudável fornece todos os nutrientes necessários para que o organismo produza células de defesa. Se a causa da baixa imunidade for a deficiência nutricional, um cardápio nutritivo pode resolver o problema.

Para incentivar uma alimentação balanceada, além de oferecer refeições nutritivas (se for o caso), você pode disponibilizar acompanhamento nutricional e promover palestras com nutricionistas. Assim, os funcionários podem entender a importância da alimentação na própria saúde.

2. Apoie a prática de atividades físicas

A prática regular de atividades físicas também é muito importante, pois ajuda a manter o bom funcionamento do organismo, inclusive do sistema imunológico. Por essa razão, é interessante a empresa apoiar esse hábito fazendo campanhas de incentivo e, até mesmo, oferecendo convênio com academias.

3. Fale sobre a importância de ter bons hábitos de saúde

Os bons hábitos de saúde, em geral, são a base para ter a imunidade fortalecida. Dormir bem, evitar o estresse, se alimentar adequadamente, abandonar os vícios e fazer atividades físicas são alguns deles. Sendo assim, ter um estilo de vida mais saudável é o melhor caminho para ter mais saúde e qualidade de vida.

Como os funcionários passam boa parte do tempo útil na empresa, esse pode ser o melhor lugar para falar sobre bons hábitos. Palestras, oficinas, mesas redondas e outras atividades podem ajudar na conscientização dos colaboradores.

4. Incentive o acompanhamento médico

Um bom acompanhamento médico é capaz de prevenir e tratar a imunidade baixa, já que essa condição pode ser diagnosticada nas consultas de rotina. Sendo assim, oferecer um bom plano de saúde aos funcionários é uma excelente medida de incentivo a cuidar da saúde.

Como você pôde conferir, a imunidade baixa afeta diretamente a saúde do indivíduo, deixando-o indisposto e mais vulnerável às doenças. Esses fatores são prejudiciais não somente ao funcionário, mas também à empresa que sofre com maiores taxas de absenteísmo e menor produtividade.

Você sabe como calcular o índice de absenteísmo? Aproveite que está por aqui e confira o nosso post em que explicamos tudo sobre o assunto!

O nosso plano é estar sempre ao seu lado por isso estamos por aqui também! Central 24 horas - (17) 3202-1223 SAC 24 horas - 0800 772 94 67

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *