gestão de benefícios na crise

Como fazer uma boa gestão de benefícios na crise? Entenda mais!

Uma parte importante do planejamento e da administração de toda e qualquer empresa é a gestão de benefícios, ou seja, as estratégias organizadas para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores dentro e fora do ambiente de trabalho. Essa é uma parte essencial para garantir o bom funcionamento do empreendimento, pois manter o capital humano motivado e satisfeito é fundamental para o sucesso de um negócio.

Talvez, algumas empresas cogitem diminuir o investimento nesse setor quando passam por uma crise, seja ela interna ou externa à empresa. Embora essa pareça uma boa estratégia para cuidar da saúde do empreendimento, isso não é verdade. Continue a leitura deste texto para compreender de que forma uma boa gestão de benefícios na crise pode influenciar positivamente no desempenho de seu negócio, mesmo em tempos de crise.

O que é gestão de benefícios?

De maneira geral, o gerenciamento de benefícios corporativos consiste no planejamento e na administração de ações a serem tomadas, com o objetivo de dar vantagens aos funcionários de determinada empresa. Nesse sentido, uma boa gestão possibilita a melhoria no bem-estar e na satisfação dos profissionais, influenciando o desempenho do negócio em diversos sentidos.

Esse é um importante estímulo ao capital humano da empresa. Por isso, essas ações possibilitam o crescimento do empreendimento, visto que os trabalhadores estarão mais motivados, ampliando a produtividade e reduzindo o índice de demissões e rotatividade (que, muitas vezes, é oneroso e demanda gastos em burocracia para a empresa). Além disso, uma boa gestão de benefícios contribui para uma melhor captação de novos colaboradores.

Qual é a importância dos benefícios em tempos de crise?

Durante crises, é necessário buscar planos de ação para que os efeitos adversos do contexto não comprometam o bom funcionamento da empresa. Diversas práticas podem ser tomadas para amenizar e neutralizar os problemas. Contudo, o mais importante é garantir uma boa relação de trabalho e a saúde dos colaboradores.

Lembre-se de que o capital mais valioso de uma organização está em suas pessoas, afinal de contas, são elas que farão o negócio ser movimentado. Por conta disso, em tempos de crise, garantir os benefícios aos trabalhadores é essencial. Quanto mais satisfeitos e envolvidos eles estiverem, melhor será o desempenho da empresa, principalmente em momentos críticos.

Como fazer uma boa gestão de benefícios na crise?

Existem diversas formas para trabalhar uma boa gestão de benefícios na crise. A seguir, listamos algumas das principais práticas para que, mesmo nos momentos mais difíceis, o quadro de funcionários possa trabalhar com saúde, segurança e satisfeito com o zelo que a empresa lhe fornece.

Compreenda o perfil do seu pessoal

As pessoas diferem umas das outras e se sentem valorizadas por motivos diferentes. Portanto, é fundamental buscar compreender como seus funcionários pensam e quais são as suas principais necessidades. Dessa forma, você poderá ofertar os benefícios que, de fato, fazem diferença no bem-estar deles. Investir em privilégios equivocados pode ser um grande desperdício de recursos e, até mesmo, prejudicar o desenvolvimento da empresa.

Pense na saúde mental dos funcionários

Momentos de crise são cheios de incertezas, medos e estresse. Tudo isso contribui para uma piora no rendimento, pois a saúde mental das pessoas pode ficar comprometida, fazendo com que os colaboradores percam o foco, fiquem desmotivados e, até mesmo, descrentes na relevância de seu trabalho.

Nesse sentido, investir em soluções para cuidar da saúde psíquica é primordial. É possível trabalhar a divulgação de conteúdos sobre como melhorar o psicológico, ofertar serviços e aplicativos de meditação, fornecer acompanhamento profissional, além de realizar palestras e interações com especialistas na área.

Forneça boas condições de trabalho remoto

Principalmente durante a pandemia de coronavírus, o trabalho remoto passou a ser essencial para o funcionamento de uma série de empreendimentos. Nesse sentido, é importante que a empresa forneça boas condições para o home office. Investir em ferramentas que contribuam para a realização das tarefas diárias é uma boa prática. É possível ofertar cursos para melhor utilização de softwares, ou mesmo itens que garantam segurança e ergonomia para o trabalhador.

Adote opções de flexibilização de pagamento

Esse é um ponto importante. Em tempos de crise, é comum que os funcionários precisem aumentar seus gastos, seja para conseguir cuidar da saúde pessoal e de seus entes queridos, seja para investir em estruturas necessárias para realizar o trabalho remoto. Nesses momentos, é interessante que a empresa demonstre compreensão e esteja disposta a adiantar pagamentos, ou buscar as condições necessárias para satisfazer as demandas financeiras de seu pessoal.

Ofereça educação financeira

Tão importante quanto estar disposto a flexibilizar o pagamento é proporcionar meios para que os colaboradores possam cuidar de suas economias na crise. Para isso, trabalhar parcerias com empresas de gestão e educação financeira pode ser uma boa opção. Investir na formação do pessoal nos mais diversos aspectos é uma excelente maneira de demonstrar zelo pelos funcionários para além das relações formais de trabalho.

Valorize a qualidade de vida

Por último, mas não menos importante, entenda que o principal fator para o bom funcionamento do empreendimento em tempos de crise é garantir a qualidade de vida das pessoas que nele trabalham. Principalmente nesses momentos complicados, o que mais motiva as pessoas é sentirem-se bem. Quanto mais saudáveis, mais seguros serão os trabalhadores e, por sua vez, mais motivados e engajados estarão.

Além disso, investir em qualidade de vida proporciona a permanência do pessoal em sua empresa. Isso transmite uma boa imagem, o que permite uma melhor captação de talentos. Por isso, é válido fazer investimentos em benefícios que valorizem o bem-estar. Algumas boas opções são planos de saúde, atividades de lazer e cursos para aprimoramento, tanto pessoal como profissional.

A boa gestão de benefícios na crise é imprescindível para que o empreendimento possa continuar avançando mesmo em momentos de incerteza. Como você pôde perceber ao longo do texto, cuidando de detalhes e investindo nos lugares certos para garantir a qualidade de vida do pessoal, é possível assegurar a saúde tanto da equipe quanto do empreendimento. Desse modo, quando a crise passar, a equipe poderá sentir-se grata, valorizada e disposta a desempenhar, com ainda mais engajamento, suas funções.

Quer saber mais sobre como cuidar da saúde de seus colaboradores e de sua empresa? Então, fale conosco. Será um prazer atender às suas necessidades.

Powered by Rock Convert
O nosso plano é estar sempre ao seu lado por isso estamos por aqui também! Central 24 horas - (17) 3202-1223 SAC 24 horas - 0800 772 94 67

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *